Pão-de-ló de Ovar

Em dia de Reis quero partilhar  o “rei” das minhas sobremesas! A primeira receita do ano tinha de ser especial, por isso escolhi o pão-de-ló. É um doce feito à base de gemas de ovos e açúcar. A sua textura é extraordinariamente fofa e húmida(se assim o desejar). Apresenta-se em forma de uma broa coberta por uma côdea acastanhada. É , sem dúvida, a doçaria regional que mais destaque tem nesta cidade. Não foi fácil começar a fazer, confesso. Primeiro que acertasse na temperatura do forno, no tempo de cozedura e na consistência do próprio pão-de-ló… Mas valeu a pena todas as experiências que fiz. O meu pão-de-lo já tem histórias engraçadas, e comentários muito gratificantes. Já me disseram coisas como: “nunca tinha comido um bolo tão bom na minha vida”; “nunca comi um pão-de-ló tão bom”. Isso deixa em mim uma certa alegria. Gosto quando as pessoas se deliciam quando comem as minhas sobremesas, gosto de lhes proporcionar esse prazer. É também um prazer para mim cozinhar assim.

Aproveito para desejar um bom ano a todos. Comam coisas boas sem remorsos… é necessário tornar este ano um pouco mais doce!

Ingredientes:

18 Ovos (18 gemas e 4 claras)

250 gr de açúcar

60 gr de farinha

Preparação:

Bater as gemas, as claras e o açúcar durante 20 minutos. Juntar a farinha, peneirada, e bater mais 10 minutos. Para levar ao forno pode utilizar uma forma de barro ou, se não tiver em casa, um tacho médio. Forrar com papel branco de linho, ou com papel vegetal (eu utilizei papel vegetal). Despejar a massa e levar ao forno, a temperatura branda, cerca de uma hora ou menos, consoante queira que o pão-de-lo fique mais ou menos húmido.